Blog totalmente gospel de Presidente Médici-MA

sábado, 9 de dezembro de 2017

Alckmin: Candidato, Lula quer voltar à cena do crime.

Pouco depois de assumir a presidência nacional do PSDB, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, fez um forte discurso para encerrar a convenção nacional do partido. Ele fez fortes ataques ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, atribuindo ao petista a responsabilidade pela “maior recessão da nossa história” e disse que agora ele quer “voltar à cena do crime” com a sua candidatura.
Em nada menos que quatro vezes, Alckmin foi taxativo: “as urnas os condenarão [petistas]”. Sobre o atual momento do país, ele avalia que “o Brasil vive uma ressaca depois que a ilha da fantasia petista acabou”.

FHC sobre Lula: ‘prefiro combatê-lo na urna a vê-lo na cadeia’

Na convenção nacional do PSDB, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso lembrou as suas duas vitórias contra o ex-presidente Lula (PT) nos pleitos de 1994 e 1998 e disse que, senão fosse a sua idade (86 anos), venceria o petista pela terceira vez. “Eu prefiro combatê-lo na urna a vê-lo na cadeia”, disse o tucano. Lula foi condenado a nove anos e seis meses de prisão pelo juiz Sergio Moro por corrupção e lavagem de dinheiro — sentença que, se confirmada na segunda instância, pode tirar o petista das eleições e levá-lo à prisão. A despeito dos problemas na Justiça, ele aparece em primeiro lugar nas pesquisas eleitorais.
Presidente de honra do PSDB, FHC teceu elogios ao governador Geraldo Alckmin, escolhido hoje como novo presidente da sigla e (por ora) o nome mais forte do partido para concorrer

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

EXCLUSIVO! Justiça decreta prisão do filho do ex-prefeito de Barra do Corda


Nenzin e o filho Júnior Vaqueiro
Nenzin e o filho Júnior Vaqueiro
EM PRIMEIRA MÃO
O candidato a prefeito Júnior do Nenzim, mais conhecido na cidade como o “Vaqueiro da Barra”, teve o pedido de prisão decretada pela Justiça por suspeita de ter assassinado o próprio pai, o ex-prefeito Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim.
A informação foi repassada ao Blog do Luís Pablo com exclusividade.
Júnior Vaqueiro prestou depoimento hoje à tarde. Ele foi ouvido por dois delegados e seu depoimento era tido como fundamental para a elucidação do crime.
A polícia está à procura do filho do ex-prefeito na cidade.
O CRIME
Nenzim foi assassinado com um tiro no pescoço, na manhã dessa quarta-feira (6), quando estava dentro do carro com o filho Júnior Nenzin na zona rural do município de Barra do Corda, interior do Maranhão.

Educação Centro Novo MA: Creche Criança Cidadã Realizou Formatura dos Alunos do Jardim II.


A Creche Criança Cidadã em Centro Novo do Maranhão, realizou na noite da última terça-feira (05/12) a Formatura dos Alunos do Jardim II. A noite foi cheia de emoções desde a entrada dos formandos até as apresentações dos alunos, que deixaram os pais, professores muito orgulhosos.


A festa teve o apoio da Prefeitura de Centro Novo do Maranhão, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED). E a realização teve a colaboração de Coordenadora, Diretora, professoras, e demais  funcionários da creche Criança Cidadã, além dos Pais dos formando que não mediram esforços para que tudo fosse possível acontecer.


A solenidade contou com a presença da Prefeita de Centro Novo do Maranhão, Diva Silva, do Secretário Municipal de Educação, Edivaldo Costa, Secretário Municipal de Cultura Raimundo João, os Vereadores Moab Carrias, Adevaldo Gonçalves e Nego da Agricultura, Girleide, Flávia Isa, Dáwila, Elionete, a Diretora da Creche, Graciene Farias, professoras, funcionários e Pais dos formandos.


A diretora Graciene Farias, ressaltou que o momento é de muita alegria e gratidão, pois se comemora o resultado de um trabalho árduo, onde todos trabalharam incansavelmente para que as crianças participassem desse momento muito importante de transformação e

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Trump reconhece Jerusalém como capital de Israel

Jerusalém
O presidente dos Estados UnidosDonald Trump, reconheceu nesta quarta-feira Jerusalémcomo capital deIsrael e anunciou que irá mudar a embaixada americana no país para a cidade sagrada.
A transferência da representação diplomática de Tel Aviv para Jerusalém foi uma das principais promessas de campanha de Trump. O estatuto da cidade é um tema-chave no conflito israelense-palestino, e ambas as partes reivindicam a cidade como sua capital.

A questão de Jerusalém

Jerusalém abriga locais sagrados para judeus, cristãos e muçulmanos e, por isso, é central no conflito entre Israel e os palestinos. Com o armistício após a Guerra de Independência de Israel, em 1949, a cidade acabou dividida pela primeira vez em seus 3.000 anos de existência –a porção ocidental controlada por Israel e a porção oriental, incluindo a Cidade Velha, onde concentram-se os principais sítios de significância histórica e religiosa, controlada pela Jordânia.
A divisão da cidade marcou o imaginário social israelense, principalmente porque a Jordânia interditou o acesso de judeus (e de cristãos árabes-israelenses) a áreas sagradas da religião, dessacrando locais como o Muro das Lamentações, o Monte das Oliveiras e destruindo mais de 50 sinagogas.
Após a Guerra dos Seis Dias, em 1967, Israel conquistou e ocupou a porção oriental e reunificou a cidade. Desde então, o país afirma que Jerusalém unificada é sua capital indivisível.
Já os palestinos, reivindicam a parte oriental da cidade como futura capital de seu Estado.
A questão perdura por décadas. Em 1947, o Plano de Partilha da Palestina estabeleceu que Jerusalém seria administrada por um conselho tutelar da ONU, em regime internacional. A resolução, contudo, nunca foi cumprida e o local tem sido cenário de disputas para as quais não se tem solução aparente.
A posição da maior parte da comunidade internacional, e dos Estados Unidos até então, é a de que o status da cidade deveria ser decidido em negociações de paz. Por isso, os países mantêm suas embaixadas em Tel Aviv, a capital comercial de Israel.

Posição americana

A transferência da embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém e o reconhecimento da cidade como capital de Israel já eram previstos por uma lei aprovada pelo Congresso americano em 1995. A legislação determinava que a mudança deveria ser concretizada até

O que faz de Jerusalém uma cidade tão sagrada e disputada

Árabes e judeus travam uma intensa disputa desde o começo do século 20 para transformar Jerusalém em capital da Palestina e de Israel, respectivamente. Mas esse conflito, que faz do Oriente Médio um centro permanente de tensão, é apenas mais um capítulo de uma história que mescla confrontos por território e heranças sagradas há milênios.
Jerusalém já foi ocupada, destruída, sitiada, atacada e capturada muitas vezes por diferentes povos, entre eles egípcios, babilônios, romanos, árabes e judeus em cerca de três mil anos de história. Também foi santificada por cristãos, judeus e muçulmanos, que veem na cidade o berço dessas religiões.
A aparente convivência harmônica entre os bairros judaico, mulçumano, cristão e armênio na Cidade Velha, cercada por muros em Jerusalém Oriental, contudo, não é um indicativo de que o atual confronto está perto do fim. 
A comunidade internacional espera uma escalada de confrontos na região com o anúncio do presidente Donald Trump de que os EUA reconhecem Jerusalém como capital de Israel, que pode ocorrer ainda hoje.
Mas como essa cidade de 150 quilômetros quadrados, área pouco menor que a de Natal, capital do Rio Grande do Norte, tornou-se a mais sagrada e disputada do mundo por tantos milênios?
Jerusalém foi erguida no alto do Monte Moriah. Para os cristãos, esse foi o palco da paixão de Cristo, onde Jesus foi crucificado, morto e sepultado. Para os muçulmanos, é o lugar onde

Após desistir de disputar Presidência, Luciano Huck faz aceno a Marina

O apresentador de TV Luciano Huck disse à reportagem que pesou em sua decisão de não disputar a Presidência o escrutínio público. "É muito violento", afirmou nesta terça-feira (5). Perguntado se apoiaria Geraldo Alckmin eleição de 2018, Huck o elogiou, mas citou espontaneamente Marina Silva (Rede).
O apresentador é um dos homenageados do evento Brasileiros do Ano, da revista "Istoé", em São Paulo.
Pergunta - Disseram que sua desistência de se candidatar foi estratégica para depois voltar.
Luciano Huck - Não, não. Fui super transparente no que escrevi. É o que de fato eu acredito neste momento. Vou e quero participar desse momento de renovação. Deixei isso claríssimo. Conectado aos movimentos cívicos, podendo mostrar que a gente tem que tratar a política como uma coisa importante. A gente formou quadros importantes para todo o setor privado e a gente esqueceu de formar bons quadros para a política. Então eu acho que a gente tem

Banco Central reduz taxa Selic para 7% ao ano, menor patamar da história

Banco Central
Diante de uma economia que ainda luta para se reerguer e sem pressões inflacionárias pela frente, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) reduziu nesta quarta-feira, 6, os juros básicos da economia em 0,50 ponto porcentual, para 7% ao ano.
Assim, a Selic alcança em dezembro o seu menor patamar da história. Trata-se do décimo corte consecutivo realizado pelos técnicos do BC, que deram início ao atual ciclo de reduções em outubro de 2016, reduzindo de 14,25% para 14% a meta anual para a Selic.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

GOVERNO ENTREGA COMPLEXO DE SEGURANÇA EM SANTA INÊS

O governador do Maranhão, Flávio Dino, inaugurou nesta segunda-feira (4) um novo Batalhão de Polícia e uma Delegacia Regional em Santa Inês, que também recebeu ruas asfaltadas, além de incentivos para a agricultura familiar e para a prática esportiva.
De acordo com o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, a inauguração segue a política de modernização do sistema de segurança empreendido desde 2015 pelo Governo “com a renovação das estruturas físicas, a entrega de viaturas e o que é mais importante, o aumento do contingente de policiais em todo o Maranhão”.
O chefe do executivo estadual disse que a média de assaltos na cidade, antes da sua gestão, “era 50, agora temos menos de 10 e é essa a razão pela qual nós estamos fazendo o investimento nesse prédio e vamos inaugurar a UBS (Unidade Básica de Saúde), junto com a prefeita porque todas as políticas públicas que trazem justiça para a sociedade significam segurança pública”. Flávio Dino foi homenageado com o Título de Cidadão Honorário, concedido pela Câmara Municipal.
No novo prédio funcionará a 2ª Companhia do 7º Batalhão da Polícia Militar e a 7ª Delegacia Regional de Santa Inês, que também atende os municípios de Pindaré-Mirim, Monção, Santa Luzia, Igarapé do Meio, Pio XII, Alto Alegre, Bela Vista, Bom Jardim,

Seja você também seguidor do blog mais acessado de Presidente Médici-MA.